Aposte no Uso de Recicláveis Para Decorar a Casa

Decorar uma casa nem sempre é a tarefa mais fácil do mundo, em especial em tempos em que o orçamento está bastante apertado. Mas é importante fazer um bom planejamento e se valer de algumas apostas que hoje estão bastante em alta e valorizam os ambientes. Essa é hoje uma grande dica de quem trabalha constantemente com a decoração de interiores. Vale sempre lembrar que com um pouco de criatividade é possível deixar tudo mais funcional e elegante.

Ambientes mais sustentáveis e com a utilização de materiais reciclados é a tendência dos últimos tempos, em especial, no que concerne os mais modernos projetos de decoração que há no mundo hoje. Sem contar que usando objetos reciclados na decoração dos ambientes do lar, ainda é possível baratear todos os custos que envolvem montar ou remontar uma casa.

Muitas pessoas hoje restauram móveis que ou foram descartados indevidamente ou aqueles que vão parar em brechós baratos, onde se encontra todo o tipo de móvel antigo que, com um pouco de criatividade, poderá tornar-se uma linda mesa de canto ou uma cadeira daquelas que, quando as pessoas veem, querem logo ter uma peça igual a sua. O bacana de tudo isso é que o seu móvel reciclado, além de colaborar com a natureza, é totalmente exclusivo.

Tubulações das paredes, por exemplo, podem ser poupadas de serem revestidas e, ficando aparentes podem se transformam em lindos cabides ou suportes para panelas. Tudo depende de qual ambiente as tubulações estão instaladas. Nos dois casos, a proposta garante uma leveza e descontração ao ambiente.

Pratos descartáveis podem se transformar em revestimento de parede de quarto de criança. Colados uns aos outros e alegrar ainda mais o quarto da garotada. De custo irrisório e prático de ser feito, é uma forma de não descartar os pratinhos da última festa dos filhos ou dos sobrinhos.

Potes de plásticos médios e grandes, os quais poderiam ser descartados, podem transformar-se em nichos para enfeitar as lavanderias, cozinhas e até mesmo quartos. Já os cavaletes que estão encostados lá no porão, podem se tornar os pés para uma nova mesa de jantar.

Os armários antigos podem também ganhar uma nova roupagem com uma nova pintura: lixas, tinta acrílica, ou até mesmo tecidos e adesivos. Misturar técnicas artesanais aliadas à reciclagem de matérias que se tornariam descartadas ou em desuso é o máximo da consciência ambiental e do bom uso do próprio dinheiro.