Dicas de Como Decorar a Cozinha Investindo nas Mesas

A cozinha há muito tempo deixou de ser um ambiente da casa, onde apenas as refeições são preparadas. Ela é um ponto de encontro dos membros da família, para a realização mais informal das refeições. Dependendo do estilo, também é um local adequado para receber os amigos para uma pequena confraternização e happy hour.  Por conta disso, a decoração da cozinha precisa ser funcional e prática, além de bonita e aconchegante.

Por isso, é sempre importante decorar a cozinha com todos estes detalhes em mente. Vale lembrar que as refeições também serão feitas em grande parte na cozinha o que faz com que seja necessário que uma boa mesa seja colocada à disposição dos moradores da casa.

Nesse ponto, também é importante analisar o tamanho da cozinha e verificar se existe a real possibilidade de colocar uma mesa nesse ambiente. Em geral, os novos empreendimentos disponibilizam cozinhas muito pequenas ou ainda em foram de retângulos muito com a largura no mínimo desejável. Para quem faz questão de colocar uma mesa em qualquer que seja o modelo de cozinha, é fundamental que desta seja tirado o melhor proveito.

Para quem tem uma cozinha espaçosa, grande e gosta de oferecer jantares à família e aos amigos, a solução ideal é escolher uma mesa independente do resto da mobília que, além de espaçosa, deve complementar a decoração do local. Uma mesa em madeira (de nogueira, por exemplo) é sempre uma solução com muito requinte.

Já para aqueles que possuem cozinhas de tamanho médio – entre 2,5 x 2,5 – ou medidas aproximadas, o ideal é investir em bancadas ou mesas junto às paredes e aos móveis. Apesar de criar um ambiente menos informal do que a mesa independente este tipo de mesa serve para várias pessoas se sentarem e, ao mesmo tempo, é também uma bancada para cozinhar.

Para quem tem uma casa de campo, que possua estilo mais moderno, as mesas acompanhadas de uma pequena divisória e banco fixo apresentam uma boa maneira de aumentar o espaço dos usuários. Para criar uma zona de refeição muito agradável, lembrando-lhe os velhos tempos familiares, aproveite bem a luz e ornamente o espaço com acessórios à moda antiga: toalhas bordadas e jarras com flores conferem um ambiente bastante acolhedor.

Para os que, infelizmente, possuem as chamadas cozinhas “modernas” que não demandam de espaço, escolha um modelo de armários com mesa anexada. É uma sugestão muito prática para pessoas que vivam sozinhas e necessitam apenas de uma zona maior de refeição em situações especiais – para estas a sala é o local indicado.

As Vantagens de Apostar em Móveis Planejados

A regra hoje para os apartamentos pequenos é que eles possuem cozinhas muito pequenas. Isto é um fato que dificilmente será modificado, dada a oferta reduzida por espaços nos grandes centros urbanos. E as pessoas precisam se adaptar, portanto, a esta realidade. Vale pontuar que todas as áreas dos apartamentos hoje são reduzidas, por isso, a grande aposta, que traz inúmeras vantagens na hora de fazer a decoração sem que esta prejudique a funcionalidade e a circulação no apartamento, são os móveis planejados.

No entanto, antes de sair fazendo a compra de mobília para o apartamento, é importante conhecer a diferença entre móvel sob medida e móvel planejado. Os móveis planejados são aqueles que possuem uma modulação padrão de medidas. Ou seja, para um projeto, são utilizados módulos pré-fabricados em dimensões padronizadas que se encaixam entre si, sendo finalizados com peças de acabamento. O móvel planejado trabalha com a fabricação de modulados, ou seja, todas as peças são feitas em medidas padrão. A partir das peças já determinadas pela fábrica, as lojas do ramo desenvolvem o projeto, desenhando através de programas computadorizados.

Já os móveis sob medida são todos confeccionados por profissionais especializados em projetar móveis na medida exata do local. Os móveis são projetados do zero, ou seja, não se encontra móveis sob medida em lojas que vendem os planejados. Vale lembrar que nesse caso, peça tem um corte específico para encaixar milimetricamente nos espaços.

Tanto um como o outro têm como matéria-prima básica painéis de madeira produzidos a partir de pinus ou eucalipto, provenientes de áreas de reflorestamento. Antes de fechar negócio, é importante verificar a procedência da empresa com a qual se escolhe trabalhar, a fim de confirmar se são conduzidas de forma ambientalmente correta.

Aqueles que optam por móveis planejados acabam tendo algumas vantagens em diversos momentos, em especial no da revenda do imóvel. Um imóvel que possui uma mobília costuma ser muito mais valorizado do que aquele que não possui.

Além disso, em uma divisão com espaço muito limitado, quem opta por móveis planejados acaba tendo um aproveitamento muito melhor de todos os espacinhos que não seriam utilizados em caso de uma mobília convencional. Nesse caso, não haverá nenhum espaço “morto” ou que não será utilizado.

Aqui fica apenas um alerta: é importante que os moradores procurem lojas especializadas e que tenham credenciamento, também vale checar todos os pontos do contrato para não ter surpresa na hora da montagem da mobília.