Evite Erros Comuns na Hora de Fazer a Decoração de Espaços Pequenos

A decoração de uma casa é essencial para que ela tenha vida, transmita a verdadeira sensação de aconchego e sofisticação que todos desejam para o seu lar. Para decorar os ambientes de uma casa, vários aspectos devem ser considerados, por isso um bom planejamento é sempre fundamental para que não haja gastos desnecessários e nenhum tipo de desperdício, por exemplo, ao comprar objetos de decoração ou móveis que não combinem ou não caibam no espaço que se pretende decorar.

Acontece que muitas pessoas acabam caindo em erros muito comuns na hora de fazer a decoração de suas casas, e acabam insatisfeitos e, consequentemente, gastando mais do que seria necessário. Um erro comum, por exemplo, em especial em casas e / ou apartamentos pequenos, é fazer a compra de móveis de tamanhos que não são os adequados para o espaço. Isso é muito frequente com móveis de sala, como sofás, chaises e também com quartos na compra de camas do tipo box.

Embora seja uma posta de muitos especialistas, outros afirmam ser um erro apostar em móveis que tenham dupla função. Isto porque nem sempre o morador sabe como fazer a compra de maneira assertiva. Por exemplo, criados-mudos sem gavetas para guardar objetos e funcionar como mesa de centro, acaba sendo um desperdício de dinheiro. Para fazer esta função, um pufe seria mais cabível.

Para não errar com os móveis, a dica fundamental é sempre preferir os embutidos, modulares ou feitos por medida, que ocupam menos espaço e são mais práticos e funcionais.

Outra questão é quando os acessórios decorativos. As cortinas pesadas, os papéis de parede muito escuros ou com estampas muito grandes não são adequados, pois é preciso espaço para contemplá-los a distância e, por isso, devem ser evitados. A ideia é sempre apostar em cores e tons claros.

Também é preciso ter muita parcimônia em relação à escolha das cores das paredes. Cores fortes e escuras tendem a diminuir mais o ambiente. Rebaixo de teto também precisa ser avaliado com cuidado, pois há imóveis originalmente com pé direito baixo e, rebaixar o teto torna o ambiente ainda mais opressivo.

Uma boa aposta é utilizar cores neutras nas paredes, deixando as cores mais fortes para pequenos detalhes de decoração como almofadas, vasos, quadros. Lembre-se sempre de que as cores claras, como os brancos e os cremes, criam a ilusão de um ambiente mais amplo. O tom amarelo nas paredes, por exemplo, ajuda a criar um ambiente mais claro, dando destaques aos móveis.