Como Escolher os Objetos de Decoração da Sua Casa?

Para algumas pessoas pode parecer que dá muito trabalho ter uma casa elegante, bonita e bem decorada. Mas, não é bem assim. É possível encontrar objetos de decoração que aliem um bom preço, uma ótima qualidade e que ainda garantam muita funcionalidade e personalizem todos os ambientes da casa. Basta que haja o desejo de bater perna por aí, além daquele tempinho para fuçar na internet em busca das oportunidades para adquirir as peças desejadas, e às vezes, por preços muito aquém dos que são praticados em grandes lojas especializadas em artigos de decoração.

Atualmente, há os mais variados tipos e qualidades e preços de objetos de decoração. E tanto a procura como a oferta são enormes, por isso saia de casa para comprar já pensando sempre em boas pechinchas. Uma dica sempre útil para aqueles que desejam encontrar peças bacanas e que sejam multifuncionais como baús, caixas, puffs é ir aos centros comerciais onde estão localizados os distribuidores e fabricantes destes produtos. Nesses locais é possível fazer negociações muito interessantes, uma vez que a compra é realizada sem intermediários.

Feiras de artesanatos são opções muito interessantes. Como nas feiras de artesanato, os artesãos produzem as peças, elas costumam ser muito diferentes do que existe no mercado tradicional. Para quem gosta de originalidade em vasos, tapetes, pequenas peças decorativas, vale muito a pena agendar um passeio nestas feirinhas. Já para os que gostam mesmo é de encontrar ideias originais para depois produzir uma peça em casa, também vale procurar os ateliês, onde há aulas para restauro de peças antigas e produção de novas.

Antiquários, também devem ser visitados por quem está pensando em encontrar aquela peça que dê um tom mais retro ou de vanguarda em seus ambientes. Normalmente, estas lojas costumam praticar preços mais elevados na venda de seus produtos, mas o interessante mesmo nestes lugares é a oportunidade de encontrar móveis antigos e que foram feitos em madeira maciça e que em lojas de departamentos não existem mais. Cômodas, mesas enormes e com cadeiras estofadas, podem ser adquiridas por preços imbatíveis, mesmo quando há a necessidade de pagar por frete na hora da entrega.

E sempre tenha em mente que comprar bons objetos de decoração requer analisar, além de preço a funcionalidade das peças. Principalmente para quem vive em locais com pouco espaço, os objetos decorativos devem servir não apenas como enfeites, mas também para guardar tudo o que temos em casa. As peças, portanto, devem ser úteis e duráveis, pois ninguém deseja sair gastando por nada.

Cuidados na Hora de Fazer a Compra de Alguns Utensílios Para Casa

Quando olhamos as fotos daquelas cozinhas maravilhosas e as comparamos com a nossa, em geral, dá um sentimento de angústia – pois nem sempre a imagem linda corresponde com a verdadeira. Vale sempre lembrar que imagens são imagens – precisam vender a ideia que está presente assim como todos aqueles lindos produtos. Mas, não desanime, se a sua cozinha não é tão bacana assim, algumas dicas podem ajudar a tornar sua cozinha muito mais organizada e bonita. Vamos lá então?

O primeiro passo é fazer uma limpa na cozinha e eliminar tudo o que não é útil ou não é usado para o seu real fim. Elimine todos os potinhos que “um dia talvez eu precise usar”. Faça o mesmo procedimento com panelas, pratos que não compõem jogos, copos, e assim por diante.

Feito isso, organize seus armários e prateleiras e veja de fato o que realmente você está precisando. Potes de vidro para armazenar mantimentos são sempre bem-vindos, funcionais, podem ficar a vista e, assim, também exercer a função decorativa.

Em seguida, comece observando as facas que têm em casa. Não adianta ter uma porção delas se nenhuma corta realmente. O ideal é ter a chamada faca do “chefe”. A diferença entre ela e as demais é que a faca do chefe apresenta múltiplas funcionalidades – serve para cortar desde pão até carne. O formato do cabo desse tipo de faca é anatômico o que colabora com o seu manuseio. Além disso, há modelos todos em inox, que além de não enferrujar, também não acumulam bactérias em seu cabo de madeira. A única questão é que costuma custar bem mais caro que as de mais. No entanto, vale o investimento.

Tenha também uma boa faca para corte de legumes. Muito prática, serve para todos os tipos de legumes e frutas. Evite aqui também as com cabo de madeira. Duas facas boas na cozinha são o suficiente. Assim, já abriu espaço e eliminou objetos sem serventia e que estavam acumulados.

Outra observação é quanto às tábuas de cortar. Todos os tipos de tábuas acumulam algum tipo de sujeira, quer sejam de plástico, quer sejam de madeira. Os modelos de vidro são bem mais bonitos, mas danificam o corte das facas, mesmo que seja a melhor faca do mundo. O ideal é a de madeira grossa, com acabamento polido. Mesmo assim, com o passar do tempo, ela irá cumular bactérias. O ideal é logo após o uso fazer uma higienização com água sanitária e sol.

Aposte em Alguns Itens Que Vão Deixar a Sua Cozinha Muito Mais Funcional

Nada melhor do que uma cozinha bem organizada, limpa e funcional. Contudo, muitas são as pessoas que, mesmo tentando manter uma organização e logística frequentes, não consegue, de fato, manter a cozinha da maneira que planejou. Isto acontece de maneira mais corriqueira do que se imagina. Mas, com a ajuda de alguns objetos e alguns truques é possível manter a cozinha mais organizada e, portanto, muito mais bonita e funcional.

Uma cozinha organizada consegue fazer com que o ambiente de uma casa seja mais
acolhedor. O cômodo merece uma atenção especial, tanto no quesito decoração quanto na
funcionalidade. Afinal, não é à toa que existe uma infinidade de apetrechos que facilitam a vida dos cozinheiros e ajudam na construção de um ambiente mais prático e agradável.

O uso de alguns itens que podem lhe parecer corriqueiros, ajudam e muito na manutenção tanto organizacional da cozinha quanto no que concerne à sua funcionalidade.

Por exemplo, o escorredor é um elemento tradicional nas cozinhas, mas muitas pessoas pecam na escolha do modelo. Eles merecem um investimento a mais, por isso é indispensável apostar em um produto de qualidade, já que o contato com a água será constante. O escorredor em aço inox é uma boa opção, já que é o mais fácil de limpar e não enferruja. Além disso, traz mais segurança para toda família. Haja vista, o produto precisa ser funcional para que toda a louça seja abrigada sem grandes dificuldades. No mercado existem vários modelos sendo que alguns trazem detalhes bem interessantes.

Quem não possui um suporte para facas deve organizar um com certa urgência. Trata-se de um item para casa que é parte integrante da cozinha. Os suportes de faca são carregados de originalidade, seja nos materiais usados, que variam da tradicional  madeira ao plástico, ou pelo design. Em lojas especializadas é possível encontrar modelos divertidos e originais, como em forma de coração ou com facas espetadas em um boneco. As cores também são um diferencial. Elas são marcantes e atraem a atenção de qualquer pessoa que passa pela cozinha. Eles acabam também se tornando itens de decoração.

Outro item que não pode faltar é uma boa tábua de cortar. As mais tradicionais, fabricadas em madeira não prejudicam o fio da faca, mas acumulam sujeiras difíceis de serem removidas na lavagem.  As de vidro, por sua vez, acabam estragando algumas facas e fazendo com que percam o corte. As tábuas de plástico também podem acumular sujeira, o que pode acarretar na proliferação de bactérias.

5 Dicas Para Decorar Com Criatividade

A decoração dos ambientes de uma casa costuma ser o que mais pesa no orçamento das famílias que estão em processo de construção, ou reforma final. Decorar, de fato, custa caro, porque os objetos de decoração que estão disponíveis no mercado possuem um preço que no geral é exorbitante. Então, o que fazer para gastar menos nessa etapa da transformação de seu lar? De acordo com os especialistas no tema, a resposta é bastante simples: aposte na criatividade e na prática do faça você mesmo.

Ideias bem simples, mas repletas de criatividade, podem resultar em um ambiente super original e muito pessoal. Na hora de fazer a decoração com pouco dinheiro, esta deve ser a premissa adotada por você.

Uma ideia muito original e que tem sido testada por diversas pessoas é a aposta em objetos feitos a partir de material de reuso. Que tal reaproveitar latas e garrafas na decoração? Para quem gosta de decorar com flores, as garrafas long neck de cerveja ou refrigerante podem virar vasos originais e interessantes. Já as latas ou potes de vidro podem virar porta-talher, porta-corpo ou mesmo lixos de mesa.

Outra dica é fazer uso de caixotes de feira para a montagem de móveis e outras peças decorativas. Uma ideia muito fácil de fazer, por exemplo, é criar com caixotes de feira estantes para livros. Basta limpar e pintar a madeira para fixá-la na parede.

Sabe aquele móvel do qual você já enjoou? Então, não se desfaça dele. Aprenda a reformar sem ter de pagar para um especialista em recuperação de móveis. Para dar uma nova cara ao ambiente, revista os móveis com papel de parede. Com essa técnica, é possível obter móveis coloridos e estampados para renovar o visual da mobília. E tudo por um preço bem pequeno.

Faça uma limpeza no porão e encontre aqueles objetos que já foram parar lá, porque passaram do tempo. Use-os como objetos decorativos  construindo uma linha bem retrô. Além de estar em alta, você não gastará nada ao usar câmeras fotográficas, máquinas de escrever e discos de vinil, por exemplo. Ponha-os em estantes, mesas de centro, de canto.

Faça uma iluminação diferenciada. Sabe aquelas luzinhas de natal? Pois bem, elas não precisam ser usadas apenas na época natalina. Aposte no uso destas luzes nos cantos de quartos de crianças, lavabos, e até mesmo na sala de estar.

Decorando Cozinhas Com Madeira de Demolição

Um dos queridinhos da decoração moderna é a decoração feita com material de demolição. O material está em alta por inúmeras razões, dentre elas, a questão de reaproveitamento de materiais que ajudam na preservação do meio ambiente. Mas não se engane. Não é porque se trata de um material de reuso é mais econômico. Os materiais de demolição, quer sejam eles móveis, quer sejam outros tipos de peças decorativas, costumam custar o dobro do preço de outros que são considerados convencionais. Em contrapartida, o efeito da decoração de determinados ambientes, ganha uma beleza rústica e que não costuma demandar muita manutenção.

E uma das grandes apostas é fazer o uso de material de demolição para decorar cozinhas. Não importa se as cozinhas são as de casas e apartamentos na cidade ou no campo, o efeito de aconchego será sempre o mesmo.

Cozinhas pequenas, por exemplo, podem ganhar decoração com peroba de demolição com formiga. Apesar de se tratar de um revestimento visualmente mais pesado e rústico, misturar linhas minimalistas com fórmicas coloridas, suavizaram e modernizaram o visual. O projeto pode ser usado em  ambientes mais amplos também.

Quem não deseja fazer a incorporação em paredes, pode apostar em móveis fabricados com madeira de reaproveitamento. Os móveis são charmosos e combinam com os mais diferentes tipos de peças decorativas, podendo até mesmo ser misturados com outros modelos e revestimentos de móveis. Para modernizar, suavizar e até ampliar o ambiente, combine os móveis rústicos com vidros coloridos, acrílicos, almofadas e outros elementos em materiais bem atuais.

Já para as pessoas que curtem mesmo uma decoração mais campesina, com visual bucólico das fazendas, a madeira de demolição pode ajudar a levar um pouquinho desse ambiente para dentro de casa. Os modelos com resíduos de tinta colorida, pátina ou outros acabamentos rústicos, ajudam a compor o estilo ruralista. Para decorar casa de campo, aposte na estética da madeira de demolição.

Mas é sempre bom lembrar que para fazer este tipo de projeto em sua casa, e em especial no mobiliário da cozinha, tem de bater bastante perna por lojas, antiquários e afins. Estes móveis não costumam sair barato.

Outra opção para quem tem tempo disponível e certa habilidade com a marcenaria, pode fazer a compra da madeira de demolição e projetar os móveis de acordo com o gosto pessoal. Dá um pouco mais de trabalho, no entanto, o resultado é bem interessante, tanto visual quanto econômico.

Decore a Casa Com Caixotes, Pallets Sem Gastar Muito

Decorar a casa valendo-se de uso de caixotes, pallets e carretéis pode ser uma ótima pedida para mudar totalmente os ambientes sem gastar uma pequena fortuna. Todos sabem que a decoração é uma das partes que saem mais caro na hora de fazer uma pequena reforma. No entanto, é sempre importante deixar os ambientes mais aconchegantes, confortáveis e bonitos, sem ter de usar toda a reserva ou fazer dívidas. Principalmente, em épocas em que a economia não vai lá tão acelerada.

O primeiro passo para quem vai investir nesse tipo de decoração de reaproveitamento de  materiais, é verificar o estado de conservação e, em seguida, fazer uma boa limpeza antes de transformá-los em móveis ou objetos úteis de decoração.

Os pallets, por exemplo, têm como papel inicial auxiliar no transporte de cargas em empilhadeiras, mas podem ser transformados em cabeceiras, suportes para camas e sofás, mesas, aparadores e outros objetos. Tudo dependerá da sua criatividade. Então, aposte em colocar vasos em um caixote pintado ou criar nichos na parede com eles. Já os carretéis de tamanhos variados, podem se transformam em mesas e bancos. O ideal para não perder a sofisticação é usar apenas um item por vez e não escondê-lo. Deixe-o sempre em destaque, mostrando que foi intencional o uso desse objeto e não improviso.

Vale sempre lembrar que, na hora de escolher o item a ser reutilizado, é importante tomar alguns cuidados. Um deles é observar se a madeira não está podre e nem com partes quebradas. Também procure saber qual a sua procedência com a garantia de que a madeira é bacteriana ou quimicamente segura, sabendo que não estava transportando agrotóxicos ou afins. Não se esqueça,  ainda, de verificar também o odor, se está com óleo ou muitos pregos.

Higienize todas as peças antes com água sanitária, sabão e água. Feito isso, deixe-as secar no sol forte, para que todas as bactérias e impurezas sejam eliminadas. Em seguida, as peças de madeira de reuso podem ser cortadas e remontadas ou utilizadas na forma original e, então, lixadas e envernizadas ou pintadas.

A criatividade aqui é que impera. São inúmeras formas de reaproveitar. Pode aplicar papel de parede, adesivo, pintura, iluminação por trás, efeito pátina, tamponamento em vidro. Para os mais afeitos com as habilidades manuais, vale apostar ainda na técnica de decoupagem em que se cobre uma superfície com recortes de jornal, revista, papel e mesmo a aplicação de mosaico.