Influência das Cores no Paisagismo

Para quem está em busca de um lindo projeto de paisagismo para a composição de seu jardim, saiba que as cores num projeto de paisagismo têm várias formas de atuação direta sobre o homem, podendo até mesmo influenciar a mudanças no seu temperamento. A ação das cores sobre o homem pode ocorrer de modo direto ou indireto. A ação direta se dá pela capacidade emotiva da própria cor. A forma de ação indireta se produz pela psicologia e fisiologia das características dos contornos e volumes de um espaço tanto quanto à suas formas quanto às suas cores.

Dessa maneira, é fundamental que antes de sair fazendo a compra por várias plantas e flores que irão compor o paisagismo de seu jardim, é fundamental estudar melhor e harmonizar as cores que estarão lá dia após dia. Isto porque são as cores que irão conduzir a uma estreita e direta correlação com o ambiente e os objetivos que se pretenda atingir no decorrer do paisagismo feito no jardim. Para isto, há uma paleta com várias disposições de cores que devem ser levadas em consideração, tanto se o projeto for pessoal quanto no caso de ser direcionado a um cliente específico.

As cores estão divididas em categorias. E combiná-las é de fato uma arte dentro do paisagismo. Vale sempre lembrar que as cores irão proporcionar até mesmo uma mudança no humor de quem olhar para o jardim diariamente. Na categoria leve, estão o azul, o verde e o amarelo esverdeado. Estas cores transmitem paz e tranquilidade ao ambiente atuando como sedativas no ser humano.

Já na categoria cores pesadas, estão o roxo, o púrpura, o vermelho, o laranja, e o amarelo. Tais cores criam limitação pela concentração visual no cenário transmitindo segurança e firmeza. Para pessoas com dificuldade de concentração ou que trabalham em casa e possuem visão direta para o jardim, deve evitar o excesso dessas cores.

Para quem busca energia, o ideal é apostar nas cores ativas. São elas o vermelho e as suas tonalidades. Elas costumam predominar como focos de atração visual na paisagem e atuam como excitantes.

Por sua vez, as cores ligeiras, que vão do amarelo ao laranja, transmitem sensação de ligeireza, predispondo à hiperatividade visual no cenário, costumam irritar as pessoas. O curioso é que amarelo usado na decoração de interior possui um efeito totalmente contrário.

Para quem  busca tranquilidade e descanso, o ideal é apostar nas cores frias, como é o caso do azul e do verde.