Aposte em Itens de Cozinha Que Também Podem Servir de Objetos Decorativos

Hoje a tendência para melhorar a decoração e a funcionalidade de uma cozinha é aproveitar todos os utensílios usados nela, para também realizar a parte decorativa do ambiente. Um dos elementos que servem para isso, e nos quais se deve investir é na utilização de copos. E sempre é importante lembrar que não é possível imaginar uma cozinha sem copos, não é verdade?

Os copos podem ser usados para algumas funcionalidades que não apenas tomar os líquidos. Eles podem ser usados como suporte para talheres, caso estes fiquem à mostra. Os copos muitas vezes são também usados como ‘medidores’. Embora não sejam de uma precisão total, ajudam muito aquelas cozinheiras de final de semana que não têm balanças em casa, ou que ainda não estão acostumadas com a tradição dos gastrônomos de seguir pesos à risca.

Há vários tipos de copos que devem fazer parte daquelas coleções que estão lá nos armários da cozinha. O copo americano, alto e de vidro, é conhecido como o copo de modelo universal e do “povão”. Em restaurantes, bares, lanchonetes e nas residências, é o copo americano que prevalece para ser usado para servir água, sucos, leite e até mesmo café, o que para muitos é quase uma heresia. Mas ao menos uma meia dúzia deste exemplar precisa fazer parte dos utensílios da cozinha. Aproveite-os para decorar balcão – que, aliás, é outra tendência de uso.

Por isso, na hora em que for fazer a compra desses objetos, invista em diversos modelos – coloridos, altos, de boca larga, para tomar bebidas, sucos, licores.

Vale ainda postar no uso de canecas decorativas. Elas podem, assim como os copos, serem deixadas à mostra, penduradas ou organizadas de maneira divertida em prateleiras, que é uma outra opção muito funcional para quem não quer gastar muito com a compra de armários.

As prateleiras podem ser colocadas sobre bancadas, aproveitando melhor o espaço das paredes, que no geral, costumam ser pouco ou nunca utilizadas. Faça uso de adesivos, pastilhas nas paredes e combine-as com as prateleiras, os copos, e as canecas.

Inove também na escolha dos eletrodomésticos. Todos eles podem ser deixados à mostra em nichos formados com as próprias prateleiras. Eles são ótimos para auxiliar nas tarefas do dia a dia, e se combinados com a decoração da cozinha, acabam ganhando mais funcionalidade do que inicialmente é a proposta de uso deles. Invista nos coloridos, é uma tendência moderna e bem bacana.

Aposte em uma Decoração Barata Para Quartos

Quem quer fazer uma reforma no quarto não precisa quebrar a cabeça, pensando em maneiras de conseguir juntar uma reserva a mais para investir em uma reforma, e ou decoração nova. Para fazer pequenas mudanças que sejam significativas na decoração do quarto, não é preciso gastar uma montanha de dinheiro. Basta seguir como premissa a máxima dos decoradores de interior: use a criatividade e faça grandes mudanças.

Uma medida que já faz uma diferença enorme e não precisa lá de grandes investimentos, é  renovar a pintura das paredes do quarto. Lembre-se de que a tinta tem baixo custo e você mesmo poderá realizar a pintura das paredes. Siga as dicas essenciais como escolher com cuidado a cor que será utilizada, privilegiando as tonalidades mais claras para os ambientes pequenos.

Quem quer inovar mesmo, privilegie as cores vibrantes para  a decoração do cômodo muito mais moderna e exclusiva. Os tons de azul e verde, como esmeralda, turquesa e azul esverdeado são tendência na decoração e podem ser ótimas escolhas para o ambiente, já que transmitem tranquilidade e elegância.

Aposte em espelhos. Espelhos são tidos no universo da decoração como elementos coringa, pois podem ser aplicados os ambientes de uma casa, para agregar diferentes efeitos. Além de ampliar os ambientes, eles ajudam a criar uma atmosfera elegante e, de quebra, deixam o cômodo muito bem decorado, graças as suas molduras estilosas. Coloque dois espelhos estreitos ao lado da cama, que alongam e expandem o ambiente, ou decore a parede da cabeceira com pequenos espelhinhos e molduras coloridas.

Aproveite ainda as próprias paredes do quarto para incrementar ainda mais a sua decoração. Nichos, prateleiras, ganchos e adesivos podem fazer milagres pelo cômodo, deixando seu visual mais divertido e bem produzido.

Quem não dispõe de dinheiro para comprar uma cama nova, mas não consegue mais ver a cama antiga, ao invés de se desfazer da peça, reforme ou incremente seu visual com algumas dicas simples. Os modelos de cama com cabeceira inteiriça podem ser decorados com adesivos, ou receber algumas demãos de tinta colorida. As cabeceiras vazadas, de metal ou madeira, ficam lindas rodeadas por luzinhas de natal ou tiras de flores de tecido. Se sua cama não tem cabeceira, aposte em adesivos decorativos e verá o quanto a produção irá ficar renovada.

Também aproveite para trocar as luminárias do quarto. Como luminárias são itens caros, procure fazê-las em casa de maneira artesanal e combinando com a decoração já escolhida para o quarto.

Aposte na Decoração de Cozinhas Pequenas

Os modelos ofertados de imóveis hoje na maioria das cidades urbanizadas segue um padrão único: são pequenos, ou quase pequenininhos. Muita gente se incomoda com a questão, mas não há muito como fugir desse modelo empregado pelas grandes construtoras e incorporações. A verdade é que falta espaço mesmo e a própria indústria da engenharia civil acaba se aproveitando da ausência de moradia: querem fazer o mínimo e oferecer o máximo de apartamentos em um mesmo prédio.

Reclamações à parte, todos estamos sujeitos à compra de um imóvel pequeno. Feita a aquisição, é outra dor de cabeça: mobiliar o imóvel e tentar conseguir ao máximo expandir o espaço. E isto é sim possível. Há truques que os decoradores de ambientes garante gerar a sensação de mais espacialidade: a grande sacada é investir em poucos móveis, que sejam multifuncionais, além de fazer o melhor aproveitamento de cada centímetro. E essa lição, especialmente para decoração de cozinhas pequenas é mais do que obrigatória de ser aplicada.

A distribuição dos móveis em uma cozinha pequena deve ser minimamente planejada. Não é possível colocar tudo o que se deseja, mas não é impossível organizar tudo o que é necessário.

Não dispor de muitos móveis e aderir a peças mais coringas como prateleiras altas, balcões que podem servir como mesas de jantar, banquinhos altos ao invés de cadeiras, são saídas importantes e que dão ar de amplitude no ambiente. Uma vez que alguns itens não podem ser dispensados, use a criatividade, com a planta da cozinha sempre nas mãos.

Tanto nas paredes quanto nos móveis, optar por cores claras é uma ótima decisão. As cores claras ampliam os espaços e aumenta a luminosidade, em especial o branco. O que não obriga que tudo na cozinha seja claro. Criar um pequeno contraste com pastilhas na parede próxima ao fogão ou a pia, torna o ambiente mais alegre e moderno.

Outro truque é usar portas de correr, caso realmente seja necessário isolar o ambiente. Se este não for o caso, deixar a circulação livre, sem portas é o melhor a ser feito.

Também abuse da iluminação aproveitando o máximo de entrada de luz na cozinha durante o dia. Use lâmpadas bem potentes no teto, já que elas são capazes de iluminar áreas bem maiores à noite.

Aposte também no uso mais assertivo de eletrodomésticos usados para compor a decoração final, bem como serem utilizados não devem ser grandes. Além de ocupar espaço, não há necessidade carregar o ambiente.

Aposte na Decoração Embaixo da Escada

Pessoas que moram em casas assobradadas, duplex, ou qualquer outro tipo de residência cuja formação estrutural tenha mais de um andar, sempre tem pelo menos uma escada no ambiente, e convive com o vão que se forma embaixo dela. Muitos consideram que aquele espaço que fica ali sob a escada seja um espaço morto, perdido. Mas não é bem assim. Este vão não precisa ser um espaço perdido e muito menos ignorado. Com alguns arranjos e objetos simples é possível produzir uma decoração interessante e tornar a área mais funcional e agradável.

São várias as possibilidades que um espaço embaixo da escada permite aos moradores na hora  de investir na decoração do local. Quem tem, por exemplo, um espaço bem grande embaixo da escada, pode apostar na montagem de um pequeno jardim interno.  Há diversas plantas que são justamente indicadas para serem postas em interiores das casas. As plantas além de se acomodarem bem em espaços sombreados, podem ser acompanhadas por flores que também gostam desse tipo de ambiente. Basta pensar em um projeto bacana e por a mão na massa.

Outra possibilidade é montar um pequeno bar sob a escada. Para isto, basta fazer o uso de prateleiras na parede, as quais podem abrigar garrafas, taças e copos. Para decorar o bar, aposte em elementos marcantes, luzes e cadeiras altas elegantes.

Uma outra opção, muito sugestiva por sinal, é fazer uma montagem de estante de livros. Em especial se o espaço é mais baixo. É possível cobrir todo o espaço com prateleiras e estruturas diversas e preencher com livros e revistas. Para complementar, uma poltrona próxima a estante pode tornar o local interessante para aproveitar um momento de relaxamento e leitura.

Outra sugestão, que em particular é bastante indicada para quem vive em locais cujo espaço é reduzido, uma boa pedida para decorar o espaço que fica vago sob a escada é fazer um armário para guardar casacos, utensílios ou sapatos, por exemplo. É possível também na instalação de uma escrivaninha ou mesmo de um pequeno sofá de madeira.

Se ainda não conseguiu definir o que fazer embaixo da escada, também acomode baús e caixas organizadoras com tampas. Nunca deixe um espaço morto em sua casa. Em tempos em que há falta de espaço, cada cantinho deve ser melhor aproveitado e se tronar um local super funcional para os moradores. Aproveite também e não esqueça que colocar quadros nas paredes da escada.

Aprenda a Usar a Iluminação Como Um Truque na Decoração

Profissionais como designers de interiores apontam que há vários truques assertivos para quem deseja reformar ou decorar casas e apartamentos. Um deles é saber como fazer o melhor uso da iluminação. É importante, por exemplo, para quem vai fazer a decoração no esquema “faça você mesmo”, saber que apontar a iluminação para os objetos queridinhos que estarão na casa, valoriza muito a concepção dos ambientes.

Poucas são as pessoas que sabem, por exemplo, que a posição dos refletores e o tipo de iluminação influenciam em como seus móveis e acessórios ficam na decoração. Quando a luz é direcionada, por exemplo, para um espelho pode gerar efeitos desagradáveis como reflexos em várias direções que podem incomodar as pessoas. Dessa forma, pode-se ou direcionar a luz para outros focos, como para aparador, se for uma peça que queira destacar, ou para objetos sobre o aparador criando um efeito legal sobre ele. Assim, cria-se um ambiente interessante, pois o espelho fica quase como uma “sombra” e as peças ficam com luz focada.

Outra dica está diretamente relacionada com a iluminação da cozinha. Quanto mais iluminada for, mais fácil será trabalhar no ambiente. No entanto, não se deve apenas fazer o uso da iluminação tradicional, concentrando as luminárias apenas na região central do teto. Se a cozinha tiver um balcão seco, o ideal é que haja alguns spots que possam iluminar o balcão. O mesmo vale para bancadas que servirão como mesas na cozinha.

Já nos banheiros, faça um bom aproveitamento da iluminação. Coloque lâmpadas em torno do espelho. Isto garante que não somente o visual do banheiro fique mais divertido, como também a área seja mais e melhor aproveitada. Com uma iluminação adequada, fazer uma maquiagem ou barba ficará muito mais fácil.

A mesma dica deve ser aplicada para a iluminação em halls de entrada. Muita gente se esquece de que no hall haverá  espelhos. Não aposte somente em luminárias no teto, ou sancas. Coloque spots ou lâmpadas também ao redor do espelho do hall. Mas aqui vale lembrar também que é preciso ter parcimônia e não sair colocando lâmpadas como se o local fosse apenas um camarim. Não fica bem.

Na sala de estar que é um ambiente muito utilizado, aposte em vários abajures. São peças decorativas que dão charme ao ambiente e ajudam a iluminar melhor, em especial as áreas onde são feitas leituras.

Use lâmpadas de LED.

Como Decorar Com Papel de Parede?

Querendo dar uma repaginada na decoração das paredes de sua casa, mas ainda não sabe como fazer? Que tal apostar no uso de papel de parede? O papel de parede é um dos materiais mais apreciados na decoração de ambientes e que tem um custo – benefício excelente para quem não está querendo gastar muito. Além disso, ainda pode ser aplicado por você mesmo, de maneira rápida e sem fazer sujeira. Confira aqui algumas dicas de como decorar com papel de parede, você irá se encantar!

O papel de parede confere beleza e sofisticação aos ambientes onde ele é aplicado. De acordo com os especialistas, trata-se de um material de acabamento que não é recente – o papel de parede já está acompanhando os acabamentos das casas da realeza há pelo menos 3 séculos. por essa e outras razões – como processo de fabricação, distribuição e mercado – o papel de parede até pouco tempo atrás era um material considerado caro para os padrões mais gerais. No entanto, esta realidade mudou. O papel de parede já não custa uma fortuna e pode ser aplicado por qualquer pessoa que tenha um pouco de habilidade para colá-lo na parede.

Há uma diversidade de modelos de papel de parede disponíveis no mercado, assim como os preços também variam. Há papéis lisos, decorados com estampas, listras, motivos florais, infantis. Há ainda os texturizados com relevo, mas finos e mais espessos.

Para quem vive em apartamentos alugados, por exemplo, e não quer gastar muito em uma decoração de imóvel que não é próprio,  o papel de parede é ideal, pois colado sobre a parede, pode depois ser facilmente retirado, em caso de devolução do imóvel.

Para decorar quartos de crianças, o papel de parede costuma ser uma das melhores alternativas. É possível encontrar no mercado, opções coloridas e com temáticas infantis. Além de oferecer um ambiente aconchegante e divertido para os pequenos, boa parte dos papeis de parede são antialérgicos, o que garante o conforto das crianças.

Quem quer usar modelos de papel de parede estampados e não deseja errar na mão, a dica é aplicá-los em apenas uma parede do cômodo. Um papel listrado, com arabescos, flores e outros padrões caem muito bem em contraste com paredes lisas brancas, por exemplo.

Já para o quarto de um adulto ou casal, uma boa dica para ousar na estampa sem correr o risco de enjoar do desenho, é aplica-lo na parede que fica atrás da cama.

flock rose & lamp 003